.

Introdução ao Estudo do Direito - Humanismo, Democracia e Justiça - 2ª Edição

Marca: Saraiva



Enviar
Avise-me quando estiver disponível

Autor: Eduardo C. B Bittar

Edição: 2

Ano: 2018

Paginação: 640

ISBN: 978-85-53602-88-9

Acabamento: Brochura

Sinopse: Esta nova obra do Professor Eduardo C. B. Bittar entra no mercado para ser um livro diferente dos demais que já estão consolidados, a começar pela abordagem basilar, reflexiva, humanista e realista que enfrenta os conceitos-chave do Direito. A obra atende à disciplina de Introdução ao Estudo do Direito, nos estudos de graduação, mantendo linguagem clara, abordagem rigorosa e analítica da técnica jurídica e proporcionando uma leitura atual do sistema jurídico no mundo contemporâneo. O livro contém abordagem didática, inovadora, interdisciplinar, estando voltada para os grandes debates filosóficos contemporâneos e globais, atraindo à formação jurídica por meio de casos práticos. Nos 24 Capítulos que compõem a obra, através de visão abrangente, avança nos seguintes aspectos: o giro do positivismo à teoria discursiva do Direito, no conceito de Direito; a compreensão da emergência dos novos sujeitos, no tema dos sujeitos de Direito; o mergulho na auto-compreensão histórica e nos desafios específicos da realidade brasileira, no âmbito da história brasileira; a superação do olhar positivista sobre as fontes do Direito; a compreensão da relação dinâmica entre legalidade e legitimidade, no campo da teoria da democracia; a humanização das instituições, no tema dos serviços de justiça; a compreensão do enunciado da norma, a partir da teoria da linguagem; a noção de sistema jurídico, em direção ao institucionalismo, ademais da reconstitutição da noção de sistema jurídico, a partir da noção de rede intersemiótica de textos, sob a contribuição da teoria da linguagem; o raciocínio jurídico e o ritual de justiça, enquanto ritual da palavra, no campo da lógica jurídica; a interpretação e a produção do sentido como operação complementar entre autor e intérprete, no campo do raciocínio jurídico; a discussão sobre a verdade jurídica, com as teorias contemporâneas da argumentação, no âmbito da decisão jurídica; a aproximação das faces da justiça, e a reaproximação da relação entre direito e justiça, considerando-se a tensão entre o local e o universal. Trata-se de uma obra de fundamental importância para a compreensão da Ciência do Direito contemporânea.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características